Publicado por: valonguinhos | 06/24/2011

Festa à grande!

Mais uma vez realizou-se o torneio no estádio da A.R.C.B. do Valongo.

O torneio decorreu com grande alegria e com bons golos. Os resultados foram:

Infantis: 1º lugar A.C. D. Carapalha; 2º Lugar A.R.C. B. Valongo A; 3º lugar A.R.C. B. Valongo B e no 4º lugar ficou G. D. Pampilhosense.

Escolas: 1º lugar C. Desportivo C.B.;  2º Lugar A.R.C. B. Valongo A, 3º lugar A. C. Fronteirense e no 4º lugar ficou A.R.C. B. Valongo B.

Mas o melhor estava para vir com o convívio fundamental entre equipas, pais, directores, treinadores e simpatizantes.

Foi um dia bem passado! Pequenos e grandes uniram-se e criaram um ambiente à Valongo!!

É de salientar que os pais dos atletas da equipa de Infantis B do Valongo foram os últimos a sair da festa. Dançaram até à uma da manhã com a batuta ritmada do DJ presidente Joaquim Neto que foi dando ritmo à pista de dança!

Viva Valongo!

Anúncios
Publicado por: valonguinhos | 04/18/2011

Torneio do Valongo

Torneio do Valongo

Programação   (Clica no Simbolo)

________________________________________________________________________________________________________

Valongo vence SL Benfica e vence Torneio Cândido de Oliveira


Parabéns malta!!!

__________________________________________________________________________________________________________

HISTÓRIAS DO FUTEBOL: O incrível exemplo do Panyee FC

Esta não é uma história recente, segundo as informações tem cerca de 25 anos, mas vale sempre a pena recordar estes casos de paixão pelo futebol.
O Panyee FC, uma equipa de uma pequena ilha no sul da Tailândia (Koh Panyee), teve inicio em 1986 e, desde logo se prognosticava uma vida curta, ninguém julgava possível fazer uma equipa nesta localidade sem espaço, as dimensões reduzidas da ilha não davam lugar a hipóteses, sequer. Apenas um povo obstinado como este conseguiu quebrar todas as barreiras naturais.
Quando estamos numa ilha e olhamos à volta à procura de espaço o que encontramos? Isso mesmo, água. Então s habitantes deitaram mãos à obra e construíram um campo de futebol, em cima do mar. Com madeira e outros objectos montaram uma plataforma que satisfez o que todos queriam: jogar futebol. Assim, nasceu aí a equipa.
A história é, agora, um filme, aproveitada por um banco para uma campanha publicitária. O realizador é o australiano Matt Devine. Também ele desconhecia o Panyee FC, mas deixou-se conquistar.
«A parte mais fascinante da história é a paixão que eles tinham pelo futebol. É uma obsessão. Mesmo não tendo onde jogar, eles amavam aquilo. Os membros originais da equipa, que têm cerca de 40 anos agora, ainda vivem na ilha. Muitos deles são treinadores da equipa actual. Foi com eles que trabalhámos. Foram eles que nos contaram a história. São pessoas muito inspiradoras. Estavam entusiasmados pela sua história tornar-se num filme e só queriam que fosse contada sem qualquer erro», explicou.
O filme, uma curta-metragem de cerca de cinco minutos, retrata a génese do Panyee FC, praticamente pela voz dos protagonistas. «Nenhuma das pessoas no filme é actor. Todos eram habitantes da vila, o que complicou as filmagens no início. O grande obstáculo foi a língua. Eles não falam inglês e foi uma barreira que só foi ultrapassada com o tempo», conta.
A história está longe de terminar aí. O palco improvisado permitiu apurar as qualidades natas de quem devorava futebol. A equipa viria a oficializar-se para participar num torneio jovem, fora da ilha. Caiu nas meias-finais. Caiu de pé. Aliás, o Panyee FC vai para sempre cair de pé. A participação no torneio chamou a atenção das autoridades locais que construíram um palco de luxo, também ele sobre o mar, mas sem madeira, pregos levantados e com rede em volta. Um luxo.
«No filme, como é óbvio, a história foi um pouco romantizada para que tivesse emoção e beleza. Mas tentámos que fosse o mais fiel possível. Disseram-nos que o campo que construímos era dez vezes melhor que o original. O que ainda torna tudo mais fascinante, quanto a mim», afirmou Matt Devine.
Algumas histórias paralelas ficaram de fora deste pequeno filme. Por exemplo, Matt conta que «A ilha não tem carros, porque não há estradas com condições para eles circularem. Quando queriam jogar futebol, alguns deles, que moravam na parte mais interior, vinham a correr até ao cais onde ficava o campo, jogavam um jogo e depois corriam de volta para casa. Ora, as casas ficavam a cerca de 15 quilómetros do cais…»
Hoje em dia vemos os nossos miúdos sem paixão pelas coisas, é normal, cada vez têm de fazer menos para as conquistar. Aqui está um belo exemplo que deveriam seguir…

Publicado por: valonguinhos | 10/06/2010

Juvenis : ARCB Valongo 0-4 Sporting CP

FICHA DE JOGO:
Campeonato Nacional de Juvenis – Série C- 8ª Jornada
ARCB Valongo 0-4 Sporting Clube de Portugal

Data: 2 de Outubro de 2010
Hora: 17 h
Local: Complexo Desportivo da ARCB Valongo – Castelo Branco

ARCB VALONGO : 1- João Sérgio (Capitão) ; 46- Simão; 16- João Luís; 24- Johnny; 90- Léo (9- Marco, int.); 6 – Mendonça; 10 – John; 22 – Rito (77- Bernardo, 28 min.); 17- Miguel; 7 – Nuno; 20 – Lucas (19 – Kiko, 71 min.).
Suplentes não utilizados: 12- Roberto; 80- Gonçalo; 4 – António; 8 – Jack.
Treinador: João Rocha.

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL: 1- Michael Meira; 2- Edgar Ié; 3- Eric Dier (Capitão); 4- Tobias Figueiredo; 5- David Crespo; 6- Antoninho Silva (13 – Ruben Semedo, 66 min.); 7- Carlos Mané (17 – Iuri Medeiros, 58 min.); 8 – Edilino Ié; 9- Cristian Ponde; 10- Farley Rosa (15 – Bruno Mendonça, 51 min.); 11- Filipe Chaby.
Suplentes não utilizados: 12- Pedro Duarte; 14- Nuno Malheiro; 16- Mauro Riquicho; 18- Alexandre Guedes.
Treinador: Luís Dias.

Equipa de Arbitragem: Rogério Ribeiro (árbitro principal); Alexandre Paulo e João Pereira (árbitros assistentes) – Santarém

Indisciplina: Nada a registar.

Marcadores: Edilino Ié (24 min.); Filipe Chaby (29 e 63 mins.); Iuri Medeiros (72 min.).

Melhor em campo: Filipe Chaby (Sporting CP)

DECLARAÇÕES:

Luís Dias (Treinador do Sporting CP):

No final do encontro, Luís Dias manifestou-se agradado com a prestação da sua jovem equipa, e também com a boa assistência que se verificou nas bancadas: “Encarámos este jogo com as responsabilidades que tínhamos, foi a melhor assistência da época, e foi aqui, em Castelo Branco. A bancada estava composta e era importante jogarmos e mostrarmos o nível que se exige a uma equipa do Sporting”.

Na verdade, o técnico sportinguista estava convicto de que foi possível atingir esses objectivos. No entanto, entende também que “foi escasso o número de golos que marcámos, mas o relvado e a condição da bola para este relvado acabou por prejudicar muito. Perdemos muitos remates e muitos lances que, noutras condições obviamente poderiam trazer um resultado mais dilatado”, referiu.

O treinador Luís Dias não esqueceu também a equipa do Valongo: “Parabéns à equipa da casa, que foi honesta, correu, lutou, trabalhou, defendeu com as armas que pôde e também num campeonato destes”.

O técnico do Sporting sabe do valor da sua equipa, mas procura mostrar que o caminho ainda é longo, e como tal, mostra um discurso prudente sobre a sua equipa. Luís Dias refere que “os jogadores estão a trilhar e a ir ao encontro das nossas expectativas.”

“Trabalhamos bem durante a semana, semana após semana, e ao longo dos jogos acabamos por fazer essas avaliações e os jogadores estão a corresponder ao que esperamos deles, e portanto, não nos resta mais do que continuar a trabalhar como temos feito até aqui”, concluiu.

Filipe Chaby (jogador do Sporting CP):

Tendo sido considerado o melhor em campo, Filipe Chaby mostrou-se contente com a obtenção dos três pontos em disputa. E no que diz respeito à sua equipa, a ambição não tem limites para este jovem da Academia.

” Temos o intuito de ficar em primeiro lugar na 1ª fase, ganhar todos os jogos. Temos certos objectivos, como os golos marcados e os golos sofridos. Neste jogo cumprimos um, ficámos aquém no segundo, que era ganharmos por cinco. Mas agora é pensarmos no próximo jogo de terça-feira, e continuarmos a ganhar os jogos todos”.

De facto, Filipe Chaby dá sempre primazia ao conjunto, antes do individual, pois como disse, “aqui, o importante é a equipa, depois é que vem o individual. Eu estou satisfeito, mas aqui o que importa é a equipa”, vincou. Claro que pensa sempre “em grande! Quero ser campeão, pois só o fomos uma vez, em iniciados de primeiro ano. Vamos ver se agora o conseguimos.”, disse Filipe Chaby, muito determinado.

João Rocha (Treinador da ARCB Valongo):

O treinador dos da casa, assumiu, no final do encontro, toda a superioridade da equipa do Sporting. Apesar disso, verifica uma boa evolução dos seus pupilos, de jornada para jornada “tirando o jogo com o CADE, em que houve uma recessão no processo que estávamos a ter. ”

“Já no jogo com o Benfica, a nível ofensivo, praticamente não tivemos nada. Hoje notou-se que houve combinações que andámos a insistir já há algumas semanas, a equipa quis atacar mais, mas também temos de ser realistas e perceber que o Sporting é uma realidade completamente diferente. Jogámos com as nossas armas e estou bastante agradado com a execução da minha equipa, apesar do resultado ser dilatado”, disse.

João Rocha não se coibiu de sair em defesa dos seus jogadores, pois entende que “esta é a estreia desta equipa, é a estreia de jogadores com 15/16 anos no nacional. Portanto, é um processo em que tem que haver muita paciência. Não metemos golos já há algumas jornadas, mas se não criássemos oportunidades, ficava preocupado.

“As oportunidades estão a ser trabalhadas, há um jogo a nível de contra ataque bem elaborado, temos velocidade nas transições defesa/ ataque, portanto, nesse sentido, não tenho que ter preocupações, e penso que a equipa hoje deu uma resposta bastante satisfatória, e os resultados vão aparecer mais dia, menos dia.”

Apesar de tudo, para João Rocha, a equipa está a ganhar confiança, mesmo que o adversário de hoje não tenha sido nada fácil para o Valongo: “O adversário também era diferente. Quisemos que a zona de pressão fosse mais alta, em vez de ser mesmo em cima do meio campo, pressionar mais o último terço do adversário. Aqui e ali, já começámos a assimilar melhor as linhas de pressão, zonas de pressão; nota-se evolução na equipa, agora é preciso ter calma.”

Lucas (Jogador da ARCB Valongo)

Lucas mostrou ser o jogador da casa mais inconformado. Lutou bastante e procurou levar a equipa para a frente. Acabou substituído devido a problemas físicos, mas tal não invalida o trabalho protagonizado pelo jovem às ordens de João Rocha. O jogador quer o melhor para a sua equipa, e entende que “a equipa deveria estar mais concentrada nos nacionais para evitar alguns percalços que tivemos. Devíamos estar mais unidos, e não pensar tanto nas individualidades. No futuro, pensar sempre em melhorar.”

Lucas, á semelhança de outros colegas de equipa, não é de Castelo branco, que têm que se deslocar de outras zonas do distrito para poderem participar nos nacionais: “é um bocadinho difícil, porque venho todos os dias e tenho de fazer alguns sacrifícios”, mas a vontade de participar neste escalão é maior e por isso, Lucas está disposto a ultrapassar essas dificuldades.

Já sobre o futuro da equipa, Lucas não se deixa abater, pois como diz, “nós entramos sempre para ganhar. Seja com o Benfica ou o Sporting, ou o último, não há outra possibilidade”, atirou
In Academia de Talentos- Jornal Desportivo Online
http://www.academia-de-talentos.com/

Publicado por: valonguinhos | 09/30/2010

Futebol Juvenil!! jogo Sábado

Publicado por: valonguinhos | 05/29/2010

Valongo Campeão!!

Valongo Campeão!!

CAMPEÕES DISTRITAIS 2009/2010

À nossa equipa de juvenis gostaríamos de endereçar os mais sinceros parabéns.


Acabou de se sagrar CAMPEÃ DISTRITAL da categoria.

Representará o nosso distrito no Campeonato Nacional da Categoria  na próxima época.


Publicado por: valonguinhos | 05/23/2010

VII TORNEIO DE FUTEBOL DE SETE

VII TORNEIO DE FUTEBOL DE SETE

ASSOCIAÇÃO RECREATIVA E CULTURAL DO BAIRRO DO VALONGO

COM O APOIO DA JUNTA DE FREGUESIA DE CASTELO BRANCO

PARTICIPANTES

PROGRAMAJOGOS DE CLASSIFICAÇÃO
09.00H – Jogo Amigável: A.R.C.B. Valongo C  X  A.R.C.B. Valongo D
09.00 H – Jogo amigável: Valonguinhos (Pré – Competição)X C.S.P.Redentoristas (Pré – Competição)
10.00H – ESCOLAS: A.R.C.B. Valongo A  X  A.R.C.B. Valongo B
10.00H – INFANTIS: A.R.C.B. Valongo A  X  A.R.C.B. Valongo B
11.15H – ESCOLAS: S.B.C.B X Clube Futebol “Os Marialvas”
11.15H – INFANTIS: Desportivo de Castelo Branco X Clube Futebol “Os Marialvas”
FINAIS DO TORNEIO
16.00H – Apuramento do 3º e 4º Lugar, ESCOLAS e INFANTIS

17.15H – FINAL ESCOLAS

18.15H – FINAL INFANTIS

Publicado por: valonguinhos | 03/29/2010

Arranjámos um padrinho!!!

Os nossos amigos do restaurante EL GRINGO ofereceram ajuda à equipa de Infantis b.

Premiaram a equipa com seis bolas de futebol! (Tanto nos faziam falta)

É bom que todos os adeptos e simpatizantes da equipa agradeçam o gesto.

Não se pretende que se realizem grandes despesas no patrocinador, mas sim que tenham a delicadeza de passar por lá beber um café… e reconhecer/agradecer a sua ajuda.

Desde já agradeço o apoio dado.

Bem-haja Ludovico.


Publicado por: valonguinhos | 02/17/2010

Novos calendários de Escolas e Infantis b (Fase Final)

Para quem quiser descarregar:

Escolas

Infantis b

Publicado por: valonguinhos | 02/09/2010

Torneio de Futebol 7

A equipa de Infantis b vai participar no dia 13 de Fevereiro (Sábado) no torneio de Futebol de Sete Cidade de Castelo Branco.

Para mais informações entrar na pagina da equipa de Infantis b.

Publicado por: valonguinhos | 02/02/2010

Danone Cup

A equipa de Infantis b vai participar na Danone Cup.

Para saberem mais sobre a competição basta clicar na imagem.

Older Posts »

Categorias